5 de dezembro de 2014

[Top3] Os livros que marcaram 2014



Oi, pessoal! Voltei! \o/

Final de ano, 2014 dizendo tchauzinho e cá estamos. Nunca me propus fazer uma lista livros que me marcaram durante o ano, não que eu lesse centenas de livros durante os 12 meses, se um dia eu conseguir esse feito falo aqui, mas meu déficit de atenção não consegue se prender a muitas leituras, e quando são forçadas, piora; então ou eu abandono ou empurro a leitura por meses, o que só faz acumular a fila. Estou aderindo a primeira opção, mando pra PQP se a coisa não rolar e vou seguindo a vida. Eu não leio rápido, mesmo um livro de 100 páginas. Gosto de apreciar a leitura, pensar sobre ela, degustar uma frase. Boas leituras fazem isso com a gente, então vou listar 3 livros que me fizeram mergulhar dentro de um mundo desconhecido e experimentar novas sensações, para completar, vou indicar uma música para cada um.






1. Jonathan Strange & Mr. Norrell de Susanna Clarke.

Minha história com esse livrinho de 824 começou ano passado quando o vi numa promoção e cometi o erro de retirar do carrinho. Isso, eu fiz essa bobagem. No início de 2014 ouvi um podcast onde o livro foi indicado, caí em mim, corri para procurá-lo nas lojas e em todas estava por R$70,00, eu precisava corrigir meu erro e precisava desesperadamente ler esse livro, então encontrei um seminovo na Estante Virtual por R$20,00, arrebatei na hora, mesmo com frete não chegava a metade do valor nas lojas. Assim que chegou comecei a ler, concluí a leitura no intervalo de um mês. Jonathan Strange & Mr. Norrell não é um livro pra ser lido numa tacada só por que se não você não pega nem metade das referências ali.  Susanna Clare, autora britânica (claro, né?), mistura magia e história nessa trama, usa o famoso humor britânico nas entrelinhas. Temos dois magos disputando destaque na Inglaterra do séc. XIX durante as Guerras Napoleônicas, dois magos vaidosos, orgulhos, trapaceiros, não, eles não reúnem as melhores qualidades de um ser humano, mesmo assim é impossível o leitor odiá-los, é um dos pontos que a autora mais acertou e me convenceu. Também temos um misterioso "cavalheiro de verde" que atravessa toda história, cruza a vida das personagens, e se não fosse ele, Mr. Norrell não teria ser tornado o famoso mago que tanto almejava, e nem  teria conhecido Jonathan Strange, que aliás, decide ser mago meio do nada, fato que me incomodou bastante e que quero encontrar uma explicação ( que possa ter passado batido) quando for reler. Susanna tem a paciência de uma tecelã e cria cenas riquíssimas, talvez aqueles que não gostam de narrativas longas não se identifiquem, mas deem uma chance, ela pinta em nossa mente belos quadros com a precisão de sua escrita. Tem elegância, sombra e magia. O livro tem previsão de virar série com 7 episódios pela BBC em 2015.

Trilha sonora para Jonatathn Strange & Mr. Norrell, pensei na voz de Florence Welch em Shake It Out, que tem uma letra forte como um maldição que cai muito bem com a história de Susanna Clarke.



2. A menina submersa: Memórias de Caitlín R. Kiernan.



"Pouco escrevem como Caitlín" - Neil Gaiman. A frase do famoso escritor aparece em destaque na capa do livro, seu nome maior e em negrito, chama mais atenção que a própria autora. Caitlín R. Kiernan tem muito cacife para se vender sozinha, mesmo tendo um amigo e escritor famoso como Gaiman. A Menina Submersa: Memória  é uma história delicada, cheia de camadas e segredos.  A fantasia não está lá fora, mas dentro da loucura de India Morgan Phelps, ou Imp. É um romance intenso, a prosa de Caitlín é rica e faz uso de referências como Alice no País das Maravilhas, A Pequena Sereia e Chapeuzinho Vermelho, não é um conto de fadas bobo, há estranheza grudada nas referências. Terminei a leitura como se eu estive emergido dentro da fantasia esquizofrênica de Imp, fiquei impregnada daquela umidade pantanosa de seus pesadelos e no final me perguntando se tudo não tinha sida real.

Trilha sonora para A Menina Submersa: Memória é Running to the sea de Susanne Sundfør, nem preciso justificar.


3. A Sombra no Sol de Eric Novello.


Eu não escolho a ordem dos livros que vou ler, eles me escolhem, acho que cada um tem seu momento. Foi assim com A Sombra no Sol, que comprei numa promoção da Editora Draco ano passado  junto com Neon Azul ( que ainda não li), outro livro do autor  Eric Novello, que vem construindo um belo caminho na literatura nacional, é um profissional maduro e isso se reflete na sua escrita. A Sombra no Sol, de acordo com o autor no CabulosoCast#107, é um livro em que ele ousou trabalhar a linguagem, brincar com as palavras, além das histórias ( é um livro de contos). Descobri um autor minucioso, um mago, capaz de manipular palavras e fazê-las atravessar paredes. Ícaro é o protagonista dos contos, um garoto de programa. Não vou explicar os pormenores, leia e tire suas própria conclusões, as várias facetas de Novello é a graça de sua obra. A Sombra no Sol é um veneno, que você toma aos poucos por que vicia.  Não pense nas consequências.

Eric Novello lançou recentemente Exorcismos, Amores e uma Dose de Blues pela Editora Gutenberg, o primeiro de uma série que promete, pode ser encontrado nas mais diversas livrarias do Brasil. Leia a sinopse no Skoob.

Trilha Sonora para A Sombra no Sol, claro, é Icarus do grupo Bastille!






E para finalizar, a Editora Draco está com uma promoção muito bacana, todo catálogo com 40% de desconto até dia 10 de Dezembro. Os livros do Novello estão com  preços muito atrativos, e parece que não vamos ter outra edição depois do estoque zerado. Vocês podem encontrar Lagoena - O Portal dos Desejos por R$30,00 lá,  compras acima de 2 exemplares não pagam frete. Uma boa, né? Clique aqui e confira.

Então, é isso, me despeço. Já são mais de 5 horas da manhã. 
Acho que apareço por aqui até dia 31, eu espero.

Até a próxima.

Laísa Couto



4 Outras confissões...:

Ana disse...

Boas escolhas! Ainda não li os dois primeiros, mas tenho-os aqui e deste ano não passam. Eric Novello é muito bom, sempre. Em breve teremos a minha lista, um pouco mais extensa, espero que você goste. :)

Laísa Couto disse...

Oi, Ana,

Obrigada pela visita. Jonathan Strange & Mr. Norrell foi uma grata surpresa e esqueci de mencionar que li A Menina Submersa: Memórias li como pesquisa para o segundo livro de Lagoena.

Ah, e muito obrigada por ter inserido Lagoena - O Portal dos Desejos na sua lista. ;)

Luciana disse...

Estou com Jonathan Strange & Mr. Norrel aqui no colo, e o livro é bem como você falou. Fui atraída pela capa, que é linda. Achei meio cansativo no início, mas não consegui largar. Agora estou fascinada pelos personagens que estão surgindo e adorando o livro. Como antes li três romances de Stephen King numa tacada só, devo ter estranhado o ritmo da história, que é muito diferente e deve ser lido com mais vagar, mesmo.
É muito bom ter um novo post por aqui.^^

Laísa Couto disse...

Oi, Luciana,

Obrigada pela visita. Jonathan Strange & Mr. Norrell pede paciência, isso não quer dizer que o livro seja ruim, nunca li nada do Stephen King, então não posso comparar.
Boa leitura e Feliz Natal!

Postar um comentário