18 de junho de 2011

Desafio

Oi pessoal,

Cá estou eu novamente. Não me demorei muito, não foi? Ponto pra mim!rs. O motivo de eu estar aqui em pleno sábado foi um desafio que me incubiram de responder, ou melhor, participar... É uma espécie de brincadeira, na qual você tem de representar com imagens as 10 coisas que você mais gosta. Então, vi meu nome na lista dos próximos que iriam para guilhotina! Não pude fugir, ataram-me as mãos, arrastaram-me e... pus-me a pensar...qual seriam as 10 coisas que eu mais gosto? Nunca havia pensado em números, e se eu for listar todos, seria bem inferior a proposta do desafio, que levei a sério, e vi um modo de refletir sobre eu mesma. Acabei descobrindo valores muito introspectivos.

Quem me passou essa batata quente foi o Cristian V. do blog Escritos Lisérgicos.blogspot.com. As regras são as seguintes:

1-Divulgar quem passou a tag.
2-Postar 10 fotografias das coisas que vocês mais gostam (sejam criativos).
3-Passar a tag a 10 blogs, e notificar os donos.

Lá vou eu!


Primeira coisa: Ficar sozinha


É algo sublime ter como companhia si mesmo.


Sengunda: Ter devaneios literários


Nesses momentos eu sei quem eu sou...

Terceira: Fazer magia



Escrever é para quem é capaz de sonhar...

Quarta: Ler

Aprecio participar de mundos alheios, mas o tenho feito com menor frequência.


Quinta: Ócio

Há momentos que é sempre bom não ter o que fazer...

Sexta: Olhar a chuva...

Quando criança acreditava ser as lágrimas de Deus...

Sétima: Pedir auxílio

Só Ele conhece meu coração...

Oitava: Receber cartas

Resquícios valiosos de amizade...



Nona: Imaginar

Gosto de criar em cores ou em letras...


Décima: Estar inteiramente entre as nuvens...


É uma questão de sobrevivência...

Ufa! Acho que consegui! Finalmente! Agora passo o desafio para:

. Gabriela Lago

. Átila Siqueira

. Nyna Zimmer

. Manoel Eloi

. Nanie Dias

. WNascimento

. Rackel Tambara

. Tânia Martins

. J.Costa

. Ana Lettiere


Até a próxima!

Laísa C.

2 Outras confissões...:

Christian disse...

Adorei suas respostas! Realmente, ócio é a melhor coisa que existe. haha. Estive pensando naquilo que comentou na minha última postagem e concordo, metaforicamente eu acabo revelando um pouco de mim, penso que todos nós, escritores, fazemos isso sem mesmo que percebamos que estamos a fazê-lo. Bom dia.

Laísa C. disse...

Como dizia um colega do site Autores,J. Costa. Jr., o escritor é o ser capaz de não se esconder por covardia...Ao contrário, é corajoso ao ponto de mostrar-se "nu" perante ao leitor, que acaba compartilhando dos seus pensamentos mais íntimos.

Postar um comentário